O que é NPR? Você sabe como usá-lo?



Formação do NPR – Número de Prioridade de Risco



O NPR nada mais é que o Número de Prioridade de Risco que deve ser analisado para definir a prioridade das ações de prevenção, simples assim!

Sabemos que o FMEA é uma metodologia útil para identificar, delimitar e descrever as não conformidades (falhas), seus efeitos e causas em nossa prestação de serviço, processo de fabricação, ou produto, ok?

Depois de identificarmos as falhas, as não conformidades, devemos decidir se serão necessárias ações de prevenção adicionais para reduzi-las ou elimina-las, ou seja, usaremos o NPR (Número de Prioridade de Risco) para auxiliar na priorização dessas ações no FMEA.

Mas, para isso, devemos levar em conta:

FMEA

Fonte: IQA

A Severidade (S), a probabilidade de Ocorrência (O) e de Detecção (D):



  • 1

    Severidade: é o valor associado ao efeito mais grave para um modo de falha;s;

  • 2

    Ocorrência: é a quantidade de vezes que a falha ocorrerá;

  • 3

    Detecção: é se o seu controle vai conseguir identificar a falha.

Severidade (S) – Análise e Classificação

Tabela de Classificação de Severidade (S)


Para um melhor resultado a equipe deve estar de acordo quanto aos critérios de avaliação e o sistema de classificação da Severidade (S), ok?
Observe abaixo que a classificação 07 e 08 são as falhas graves e classificação 09 e 10 são falhas gravíssimas.

FMEA

Tabela de classificação Severidade | Fonte: QualityManager®

Ocorrência (O) – Análise e Classificação

Tabela de Classificação de Ocorrência (O)


Lembre-se! Para um melhor resultado a equipe sempre deve estar de acordo quanto aos critérios de avaliação e o sistema de classificação da probabilidade de Ocorrência (O).
Observe abaixo que a classificação 07 e 08 indicam que a probabilidade de ocorrer a falha é alta e classificação 09 e 10 indicam uma probabilidade ainda maior.

FMEA

Tabela de classificação Ocorrência | Fonte: QualityManager®

Detecção (D) – Análise e Classificação

Tabela de Classificação de Detecção (D)


Seus resultados serão ainda melhores se sua equipe estiver de acordo quanto aos critérios de avaliação e o sistema de classificação da probabilidade de Detecção (D).
Observe abaixo que a classificação 07 e 08 indicam que é difícil seu controle detectar a falha e classificação 09 e 10 indicam que seu controle tem grandes chances de falhar.

FMEA

Tabela de classificação Detecção | Fonte: QualityManager®

Como Fazer o FMEA?

Aproveite esta oportunidade e faça o download gratuito de nosso ebook, e aprenda a maneira correta de elaborar o estudo dos processos de sua empresa!

A execução do desta análise é um processo complexo e que deve ser encarado com cautela, pois quando bem elaborado, pode diminuir substancialmente a chance da ocorrência de falhas na produção, gerando grandes resultados para a empresa, podendo impactar diretamente nos custos processuais e satisfação do cliente.
Feature